terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Uma aparição da Mamma Margherita, mãe de São João Bosco, a seu filho

Como se sabe, residia ela primeiramente num casebre, no Piemonte, região da Itália. Quando todos os seus filhos se tornaram adultos, foi ela morar e trabalhar com Dom Bosco, no Oratório que este fundara. Algum tempo depois de sua morte, ela apareceu ao santo, que lhe fez esta pergunta:
— Mamãe, estais viva ou morta?
São João Bosco fez tal indagação porque a mãe se apresentava tão radiosa e gloriosa, que talvez houvesse ressuscitado.
— Morta, sim, mas inundada de felicidade. — respondeu sua mãe.
Após uma breve mas substanciosa conversa, São João Bosco pediu a ela:
— Já que estais no Céu, fazei-me sentir algo, ainda que uma gota, da felicidade celeste.
Mamma Margherita tornou-se mais luminosa, brilhante, e uma música inundou o recinto da igreja onde ela apareceu ao filho. Este comentou depois ter tido a impressão de que era uma melodia cantada por milhares de vozes de anjos, glorificando sua mãe. Por fim, a visão cessou.
Poder-se-ia dizer que São João Bosco teve uma experiência do Céu. Viu ele também, entre os anjos, meninos do Oratório, que já haviam morrido, cantando as glórias da Mamma Margherita. Naturalmente, os reconheceu como seus antigos discípulos.
Sirva a lembrança dessa aparição da Mamma Margherita como ocasião para incidir sobre cada um de nós um raio de luz sobrenatural, um toque da graça, para perseverarmos no caminho do bem, desejando sempre o Céu.

Nenhum comentário: